Home + Notícias Campinas tem novas regras mais rígidas para serviços essenciais e terá barreiras...

Campinas tem novas regras mais rígidas para serviços essenciais e terá barreiras sanitárias na cidade; veja as medidas

A Prefeitura de Campinas publica nesta quinta-feira, 25 de março, alteração no decreto que estabelece a Fase Emergencial em Campinas. As regras mais rígidas contra a covid-19 vão valer de sexta-feira, 26 de março, até 4 de abril. O anúncio foi feito pelo prefeito Dário Saadi, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais.

“Nós estamos muito próximos de um lockdown. Apenas os serviços essenciais e o transporte público estão funcionando em Campinas. As últimas medidas que adotados vão fazer efeito nas próximas semanas, por isso, contamos com a conscientização das pessoas para que não façam aglomeração e festas em casa”, disse o prefeito.

As novas medidas alteram, inclusive, o funcionamento de serviços essenciais:

padarias, supermercados, atacadistas e comércio em geral que vendam alimentos e produtos de limpeza, só será permitida a entrada de apenas uma pessoa por família nos estabelecimentos – presencial até as 20h e delivery.

*  o serviço de drive-thru, a partir de agora fica permitido apenas para alimentação.
Lojas e outros comércios só poderão atender por delivery. As regras do toque de recolher na fase emergencial seguem em vigor.

*  bares, lanchonetes, padarias e restaurantes localizados no interior de postos de combustíveis e derivados: atendimento exclusivo mediante serviços de delivery e drive-thru. Proibido atendimento do consumidor fora do veículo, no interior do estabelecimento ou do posto de combustíveis. Devem encerrar drive-thru às 20h e delivery fica permitido até o limite de horário regular do estabelecimento.

deixa de ser liberada a entrega em domicílio (delivery) durante 24 horas e os comércios passam a respeitar o horário de funcionamento descrito nos alvarás.

Por exemplo, o funcionamento presencial de supermercados, segue autorizado até as 20h ( com entrada de apenas uma pessoa por família). Mas se ele fechava normalmente às 22h antes da quarentena, é até esse horário que poderá fazer entregas por delivery.

concessionárias de veículos não poderão funcionar, fica proibido o atendimento presencial.

clínicas veterinárias e serviços de pet só poderão atender casos de urgência e emergência.

serviços de manutenção predial, elétrica e hidráulica só poderão ser feitos em situações de emergência. As assistências técnicas só estão autorizadas a fazer manutenção de equipamentos médico-hospitalares ou quando for inadiável.

O assessor da Secretaria Municipal de Justiça, Rafael Saidemberg Ottaviano, explicou que as medidas visam evitar a disseminação do coronavírus por meio de regras que diminuam a circulação de pessoas na cidade. “Nós temos, agora, que investir em prevenção, já que não temos ainda a cura para a doença. A melhor prevenção ainda é o distanciamento social e medidas sanitárias”, disse.

>> Site Oficial da Prefeitura de Campinas sobre a covid-19 –  www.covid-19.campinas.sp.gov.br

.